CANOA HAVAIANA GRUPO GERENTES

Região: Lago Paranoá [DF] | Relato: Flávio Martins - 01/02/14

Desta vez a Equipe de Gerência de uma empresa voltou ao Lago Paranoá para outra remada, só que desta vez abordo de uma canoa havaiana. Aproveitando o tempo firme o grupo se reuniu logo cedo e depois de instruções e da montagem da canoa o grupo foi para a água.

Depois de horas de remadas, algum tempo para a equipe pegar o ritmo e entrar em sintonia chegamos em um ponto no meio do lago para um bom mergulho.
A canoa requer uma técnica especial onde o grupo tem que estar em sintonia para mover a embarcação e quanto melhor esta sintonia e ritmo mais velocidade a canoa navega e também com menos esforço.
O banho foi ideal para dar um gás extra para a volta, onde pegamos um vento a favor da embarcação e ganhamos uma boa velocidade. Todos gostaram da experiência, afinal perceber que se não estiverem todos trabalhando em equipe a canoa fica pesada e não uma bela embarcação onde as remadas sincronizadas dão velocidade para desligar facilmente pela água.

Canoa polinésia é o nome genérico dado à embarcação de origem polinésia que tem como peculiaridade um segundo casco que serve de estabilizador, permitindo que mantenha sua velocidade sem comprometer a sua estabilidade. Esta denominação genérica é adotada para definir as canoas tradicionalmente utilizadas na região do triângulo polinésio. Também chamadas de Canoa Havaiana, Wa'a, Va'a, Outrigger, essas embarcações foram muito importantes para o processo de colonização daquela região. (Fonte: Wikipedia)

VÍDEO