CORUMBÁ 4

Região: Luziânia [GO] | Relato: Flávio Martins - 01/05/13

São 173Km² e volume total de cerca de 3,7 trilhões de litros é 5 vezes o tamanho do Lago Paranoá e com este tamanho você pode optar em chegar no lago de Corumbá IV via Luziânia ou pela estrada que liga Brasília a Anápolis. Via Anápolis você deve entrar como se fosse para o Pesque e Pague Point da Pesca, caminho que chega a aproximadamente uns 60Km saindo de Brasília. Nesta entrada para o lago não existe alguma estrutura como existe via Luziânia onde existe um a o porto com estrutura para descer barcos, motivo este que todas as vezes que fomos pescar no Corumbá IV optamos em seguir via Luziânia.
O lago foi formado para geração de energia e que logo no seu início a abundância de peixes despertou a ambição dos pescadores batedores de redes e também dos pescadores esportivos que durante um bom tempo curtiram boas lutas com algumas espécies de peixe como Dourados e alguns de couro como o Jaú e o Pintado. Como na maioria dos lagos e pesqueiros, a inexistência de fiscalização fez com que a pesca predatória diminuísse e muito as chances de boas pescarias. Relatos de Dourados e de outros exemplares já não se escuta mais, e ainda durante algum tempo os Tucunarés ainda aguentaram fazendo o lago ser uma opção boa para os amantes da pesca esportiva.
O rio Corumbá é um dos principais rios contribuintes do Paranaíba pela margem esquerda, assim como o rio Verde, dos Bois, Meia Ponte, Corumbá, São Marcos, Aporé e Claro. O rio Corumbá tem suas nascentes localizadas na Serra dos Pirineus, na cota de 1.200 m, e deságua na cota 477 m, depois de percorrer 576 quilômetros. Entre seus afluentes, destacam-se os rios Descoberto e São Bartolomeu, cujas nascentes estão próximas do Distrito Federal. Em nossas idas ao Corumbá IV pescamos em várias vertentes do lago, como o Areias, Peixe, Descoberto e São Bartolomeu, e sua totalidade de afluentes ao todo são os rios Areia, Descoberto e São Bartolomeu e, pela margem direita, os rios das Antas, Peixe e Piracanjuba, constituindo sub-bacias de elevada importância.
O local realmente merece ser visitado, possui bons locais para tomar banho, aguas limpas e claras, algumas praias e até pequenas cachoeiras em algumas vertentes. Ainda com muitos lados que não visitamos, certamente retornaremos ao lago para realizar algumas empreitados e caso vá com a finalidade de praticar a pescaria tenha em mente que o número de ações diminuíram bastantes, mas é aquilo, mais vale um mal dia de pescaria do que um bom dia de trabalho.

CORUMBÁ 4Pesca Esportiva


VÍDEO