RALLY DOS SERTÕES


O 16º Rally dos Sertões começou no dia 18 de junho, em Goiânia (GO), e percorreu 4.474 quilômetros até Natal, capital do Rio Grande do Norte, passando ainda por Tocantins, Maranhão, Ceará e Piauí, com chegada no dia 27 de junho, sexta-feira. Este ano tivemos algumas novidades, a primeira o próprio nome: Rally Internacional dos Sertões 2008 - PLP. Com a mudança do Paris-Dakar para a América do Sul, a etapa do mundial de cross-crountry foi transferida para o Sertões 2008. Daí o nome no final PLP, que significa, POR LAS PAMPAS – nome da etapa do mundial que seria disputado no Chile mas foi cancelada devido aos preparativos para o Dakar 2009, na mesma região.
Por esse motivo, o Sertões deste ano bateu o recorde de inscrições de estrangeiros: 38. Com destaque para a equipe oficial da Volkswagen Touareg e da KTM. A primeira com todo o aparato e equipe completa, que contava com médico, mecânicos, chefes, caminhões, vários carros de apoio logístico e 2 de apoio de pista. Uma realidade que até então não tínhamos visto. Tudo muito bem organizado e planejado. Infelizmente, para o próximo ano não teremos novamente o Sertões como mundial de carros. Segundo a organização, devido ao regulamento tão particular e todas as exigências necessárias para a sua realização. Provavelmente continuaremos somente como mundial de motos. Uma coisa foi positiva em relação à participação dessas equipes, todas constataram a magnitude de uma competição como o Sertões, ressaltando vários aspectos, como: Alto nível técnico, lindas paisagens, belíssimo rally e difícil navegação.

Nos carros a classificação geral ficou assim:
1 - Giniel de Villiers, Dirk von Zitzewitz - Volkswagen Race Touareg
2 - Mark Miller, Cave Creek e Ralph Pitchford - Volkswagen Race Touareg
3 - Reinaldo Varela e Marcos "Marcão" Macedo, numa L200RS

RALLY DOS SERTÕES